Contato

jklws@hotmail.com

OS JUVENTINOS VOLTARAM


Roteiro: Giovanni Porpetta.
Edição: Guizão Minchillo Conde, Bruno Casalotti e Fernando Toro.
Uma realização de Gato Negro Produções.


sexta-feira, 29 de maio de 2015

GIL

Presidente do Juventus diz que não fará loucuras por Gil, mas ressalta: “Vale mais do que pagamos”

Destaque da campanha de acesso à Segunda Divisão Paulista tem propostas de outros clubes.
Responsável direto pelo acesso do Juventus à Segunda Divisão do Paulista e autor de oito gols na campanha da Série A-3, o atacante Gil rapidamente deixou o status de "ex-jogador em atividade" para "reforço de peso" de times que buscam retomar seus bons tempos no futebol brasileiro. 

Presidente do Moleque Travesso, Rodolfo Cetertick reconhece o enorme sucesso do ex-corintiano na Rua Javari, mas desconversa sobre o interesse de outras equipes.

— Não chegou nenhuma proposta oficial. Ele (Gil) disse que quer ficar. Ouvimos algumas especulações sobre a Portuguesa e o time do Ronaldo nos Estados Unidos (Fort Lauderdale Strikers). Nós temos nossos limites. Se houver algo financeiramente bom para o Gil, ele terá que decidir e pensar na carreira dele.  Sabemos que vale muito mais do que pagamos.

Cetertick não quis revelar o salário do atacante. Limitou-se a dizer que a folha salarial do elenco e da comissão técnica é de R$ 100 mil mensais, sem contar os encargos.

O vínculo do jogador de 34 anos se encerra no próximo dia 1º de junho. Por enquanto, o atleta nem quem saber de renovação e viajou após o Juventus encerrar a sua participação na Terceira Divisão do Estadual.

Independentemente da decisão de Gil, o presidente é só elogios ao camisa 9 da equipe grená.

— Ele é muito simpático e possui uma memória incrível. Lembra-se de detalhes de toda a sua carreira. Inclusive, disse que tomou um café aqui na Mooca antes de fazer o teste no Corinthians e ter sucesso lá. Ou seja, já havia uma ligação com o bairro. Vou ficar muito feliz se conseguirmos renovar.

Matéria copiada do Portal R7.com

segunda-feira, 25 de maio de 2015

ISSO É SER JUVENTINO ... SEM MACAQUICES

Vou repostar o famoso texto de Don Porpetta, autor de diversos textos juventinos, e espero que todos leiam e relembrem o que significa de verdade ser um juventino. 
ATENÇÃO, ser juventino não é se fantasiar de grená e ir na Javari comer canolli e brincar de cartãozinho para o bandeirinha, ou puxar o saco de técnicos e jogadores e muito menos babar nos ovos de emissoras de radio e tv que como "grande mídia" sempre julgou os juventinos como "malucos desocupados que devem estar brincando ao pedir o fim do futebol moderno" Cuidado com as armadilhas que a mídia impõe pois no fundo no fundo ela so quer MATAR O ULTIMO PEQUENO FOCO DE RESISTÊNCIA EXISTENTE NO FUTEBOL ATUAL, abram seus olhos e muito cuidado com o demônio que se faz de anjo. Não deixe o espirito contestador se vender para o espirito que se aproveita do Juventus para ganhar uma mídia própria...


O JUVENTINO DE VERDADE
POR GIOVANNI PORPETTA - pai de todos juventinos
Ser um juventino de verdade é ser um moleque, um louco, um sonhador, um lutador e um herói. Você rema contra a maré, grita no silêncio e alenta no fracasso. Não é fácil. na verdade é infernal. Mas vale cada minuto vivido.

Você carrega o mesmo sentimento que há mais de oito décadas, motivava aqueles pobres imigrantes operários que fugiam da Primeira Grande Guerra e logo iniciavam a Primeira Greve Organizada do país em 1917, e eram bombardeados na Revolução de 32. Eles que, sufocados pelo algodão do Cotonifício e pelos irrisórios salários, acalentavam suas almas na malha grená daquele time de bairro. Nenhum deles apoiava os badalados times da época. Haviam aprendido nas mãos imperialistas dos grandes homens fardados e necessitavam sentir o gosto da plebe. O seu sofrimento era proporcional à sua devoção pelo Juventus, que logo venceu a Segunda Divisão em 1929. Dois anos mais tarde, o time assombrou a cidade ao derrotar pale primeira vez aquele que seria nosso grande fregues, iniciando a serie de travessuras que perduram até hoje. Como em 2006, quando carimbamos uma certa faixa internacional de um time que só é grande pela herança corrupta de um governador elitista. Nesse período de 83 anos o Juventus acumulou glórias (como o Brasileiro de 1983) e viu senhores de brio envergarem seu manto sagrado (tais como Mão de Onça, Clóvis, Buzetto e Brida). Mas a dor, remanescente dos tempos do Conde, continuava a sangrar a Rua Javari. O Juventus é desrespeitado, ignorado, usado como fantoche por alguns fracos de espírito que querem roubar seu valor e diminuir sua importância. - até mesmo homenageiam aqueles que lhe feriram. Chegamos nos idos 2000 e avistamos um cenário sombrio e perigoso: após décadas na primeira divisão, estamos condenados a jogar contra times de categoria inferior. O estúpido futebol moderno tenta nos impedir cada vez mais de manter nossa história viva, com regras e ditadura monetária; na mídia, piada ou caridade-não sei qual é pior.

O próprio clube não se dá valor, aceitando um papel de coadjuvante, que nunca lhe pertenceu. Tudo parece conspirar contra e aponta para um fim melancólico. Mas ainda existem aqueles operários que levantam o punho e resistem, não desistem e acreditam no legado e dessas fontes se alimentam. Essa nova geração de juventinos demonstra devoção infinita e exige respeito. Os senhores jornalistas devem saber que somos muito mais do que um passeio turístico, e um eventual turista deve deixar para trás qualquer sinal de nossos adversários ao cruzar o portão principal do estádio. Ser decente conosco, com a Mooca e consigo mesmo.

De frente a todo este turbilhão de problemas, o que leva uma pessoa a abandonar o obvio cômodo e abraçar a alucinante odisseia do improvável? Talvez o retorno romântico aos tempos das peladas; o grito do ídolo bem a sua frente; ou fazer parte de uma torcida que dá exemplo de amor genuíno. Não há explicação. O Juventino quer taças, mas não vive por elas. Para nós, o importante é apenas ver o time jogar, suar e sangra. A verdade é que estacionamos em outro patamar, sabemos que somos diferentes e que somente lá dentro, vivenciando experiências impagáveis, você pode entender essa loucura. Nunca pergunte para um juventino "por que?", mas "por que não?". Não há camisa mais linda, grito de gol mais engasgado ou um campo mais enigmático. Todo juventino de verdade se lembra da primeira vez que entrou no campo da rua Javari. A surpresa e a celebração imediata no olhar estupefato que percorre aquele quarteirão perfumado de luta, vitória, dever e honra - juro que senti um calafrio na espinha e a certeza de que pertencia àquele lugar. E mesmo contra tudo e todos, a torcida esta lá, cantando, empurrando, se decepcionando e sorrindo ao ganhar força para sobreviver.

O Juventino de verdade anda na contra-mão e tem o dever de carregar a bandeira do espirito lutador do homem indignado. Pessoas comuns amam esse time, tem orgulho de exibir essa cor que elegeram, e que sem dúvida o fizeram com paixão e sabedoria. 

domingo, 24 de maio de 2015

E COMEÇOU A FINAL DA A3

DANE-SE

NOS NÃO ESTAMOS MESMO

E TUDO GRAÇAS AO NOVO GÊNIO DAS ESTRATÉGIAS

O NOVO DEUS QUE TUDO PODE E QUE TUDO SABE

LAMENTÁVEL VER TAUBATÉ E VOTUPORANGUENSE EM UMA FINAL SABENDO QUE O JUVENTUS NÃO ESTA APENAS PORQUE O TREINADOR NÃO QUIS ESTAR.

AI VEM OS TORCEDORES MALUCOS E DIZEM:
AHHHH FINAL DE A3 NÃO VALE NADA

CAZZOOO ENTÃO NEM VAMOS ENTRAR NA COPA PAULISTA E VAMOS FICAR DE FERIAS POIS SE UM TÍTULO DE A3 NÃO VALE NADA IMAGINA UMA MERDINHA DE UMA COPA PAULISTA...

BAIXAS NO ELENCO
DE ACORDO COM PUBLICAÇÃO DO BID OS CONTRATOS DE DERLI E LUCAS PAVONE ESTÃO RESCINDIDOS

MAS E DAI?
O QUE IMPORTA É APARECER NA TELEVISÃO, FAZER MACAQUICES PARA O FANTASTICO, FALAR NAS RADIOS, APARECER NOS JORNAIS...NO FUNDO É ISSO QUE IMPORTA...


sábado, 23 de maio de 2015

ELES ESTÃO POR TODOS OS LADOS ... TRÁGICO


ABRAM OS OLHOS SENHORES JUVENTINOS E PAREM DE CHUPAR O PINTO DA REDE GLOBO, DO FANTASTICO, DO SBT E DA PUTA QUE O PARIU.

O JUVENTUS VIVE AFUNDADO NA LAMA FAZ MAIS DE UMA DÉCADA E 
AONDE ESTAVAM ESSAS RADIOS TODAS ?
AONDE ESTAVAM AS EMISSORAS DE TV ?
AONDE ESTAVAM OS PROGRAMAS DE ESPORTE ?

AONDE ESTAVAM TODOS ESSES AVENTUREIROS DE MERDA QUANDO O JUVENTUS ESTAVA REALMENTE PRECISANDO DA AJUDA DELES ?

NÃO SE SUBMETAM A PARTICIPAR DESTES CONSTANTES CIRCOS QUE A IMPRENSA VEM FAZENDO APOS O ACESSO. PROGRAMAS DE RÁDIO, PROGRAMAS DE TV, FANTASTICO ... AHHHH VCS TÃO DE BRINCADEIRA....

ESSE É APENAS UM GRANDE CIRCO DO QUAL OS JUVENTINOS ESTÃO FAZENDO PARTE, E QUEM FAZ PARTE DE CIRCO É PALHAÇO.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

QUAL TIME FOI MELHOR ?

Vamos analisar os dois últimos acessos que o Juventus conquistou e analisar, posição por posição, quem tinha o melhor time?

TÚLIO X ANDRÉ DIAS
Sou grande fã de Túlio e acho que ele fez um ano de 2012 excelente mas o André Dias chegou quase à Perfeição agora em 2015 e a meu ver fica com a vaga nesta seleção.

FUBÁ X SALINAS
Ambos excelentes jogadores porem Fubá era foooooda e tinha uma explosão física impressionante, sem contar o jogo mistico contra o Taboão quando Ferreirão o escalou como centro avante no segundo tempo e o negão marcou dois golaços.

REGINALDO X LEO
Difícil escolha mas por questão de milímetros fico com o Reginaldo.

TONY MARAIAL X FERRO
O Ferrinho jogou muito bem mas nada jamais vai se comparar com o que Tony fez em 2012, um lateral direito que foi um dos artilheiros do time no campeonato.

PAVONE X PAVONE
Difícil escolher eim kkkkk

EDUARDO SILVA X FELIPE NUNES
Nesta briga creio que o Nunes ganha com extrema folga.

LELLO X SANTIAGO X DERLI
Em 2012 o Juventus jogou com vários segundos volantes mas obviamente Derli se sobrepõe a todos e fica com a vaga.

ELVIS X ADIEL
Essa vai dar polemica mas em minha opinião o Élvis foi mais "estrela" enquanto que Adiel jogou muuuito mais e fica com a vaga.

SAULO X DANIEL COSTA
Empate, me recuso a escolher um destes pois os dois foram bons demais.

TIAGUINHO X NATHAN
Fico com Thiaguinho que foi mais decisivo que Nathan, sofreu penaltis importantes e marcou gols inesquecíveis como aquele do meio de campo em Sorocaba.

FERNANDO X GIL
Nem vou perder tempo escrevendo a respeito, oooobvio que o Gil vence esta disputa.

FERREIRÃO X RODRIGO SANTANA
O primeiro levou um time bem fraco tecnicamente ao inesperado acesso enquanto que o outro teve o melhor elenco do campeonato e não conseguiu chegar na final. Ferreirão vence.

No frigir dos ovos o combinado ficou assim escalado:

1) André Dias
2) Tony Maraial
3) Fubá
4) Reginaldo
6) Pavone
5) Felipe Nunes
8) Derli
10) Adiel
11) Saulo e Daniel Costa (cada um joga 45 minutos)
7) Thiaguinho
9) Gil

DT) Luis Carlos Ferreira

E vocês caros amigos, qual seria a seleção de vocês ?



quarta-feira, 20 de maio de 2015

E VOCÊ TORCEDOR, COM QUEM RENOVARIA ?

Caros Juventinos, caras de pau que fingem que não se importam que o time não foi para a final da A3 mas que querem que o time dispute a Copa Paulista para ser campeão (vai entender).

Vou fazer uma análise do elenco juventino e selecionar quem, em minha modesta opinião, deve permanecer para a Copa Paulista.

ANDRÉ DIAS
Depois de começar muito mal no Juventus, rebatendo bolas fáceis e tomando gols inesperados, André Dias fez uma A3 impecável e merece permanecer no elenco. Resta saber se ele vai querer pois certamente terá convite para disputar alguma divisão nacional.

RAFAEL VIANA
Atuou em poucos oportunidades mas todos já conhecem o seu potencial, menos esse bando de coxinhas que só vai ao jogo quando o time esta em boa fase, e deve permanecer pois sempre substitui os titulares à altura.

RAFAEL FERRO
Mostrou-se importantíssimo dentro e fora de campo, apesar de meio esquentadinho, mas certamente merece permanecer pois desde Tony Maraial que não tínhamos um lateral direito tão bom.

CHARLES
Até agora não sei qual a posição de origem dele mas contra a Inter de Limeira mostrou que não tem culhão para segurar o rojão em jogos decisivos.

ORINHO
Este está naquele momento crucial de sua carreira onde ele deve optar em se transformar em um bom jogador, ou pode optar em virar um novo Fernandinho, o que me parece o destino mais provável. Se a decisão fosse minha eu não renovaria. 

LUCAS PAVONE
Este nunca mais deveria se arriscar em outros times, nasceu para vestir a grená e já acumula dois acessos em sua historia pelo Juventus.

CASSIO SHEIDT
Na única chance que teve durante todo o campeonato, foi expulso e prejudicou o time. Não merece ficar.

CASSIO GOES
Nunca vi, não sei de quem se trata e não vou opinar.

LEO
Outro que em minha opinião poderia renovar eternamente o contrato, tem enorme identificação com a torcida do Juventus e é artilheiro.

VICTOR SALINAS
Não foi o mesmo zagueiro de outros tempos e eu apostaria em uma não renovação de contrato.

RODOLFO
Grande abraço e até um dia.

DIEGO BORGES
Teve apenas uma chance de atuar mas mostrou ser um bom zagueiro no ano passado e eu renovaria.

ATHAIDE
Versátil e sempre com muita garra em campo, merece continuar e tem muito a crescer.

WELINTON
Não deveria nem ter vindo, jogou as partidas com um sooooono contagiante.

FELIPE NUNES
Apesar de ter falhado no lance que definiu a ausência do Juventus na final (falha e expulsão em Osasco) fez um campeonato bastante regular e caso não receba propostas merece e muito ficar.

DERLI
O Negão é foda, joga muito e cobra os moderninhos como devem ser cobrados, tomara que fique.

ADIEL
Muito, mas muuuuito agradecido por tudo que este cara fez em campo este ano mas eu tenho a impressão que a A2 é um pouco demais para a situação física dele e talvez não aguente o tranco assim como Elvis não aguentou em 2013. Jogou demaaaais mas eu não renovaria.

DANIEL COSTA
Esse merece renovar e merece que arranquem o busto maldito do Pelé e coloquem um dele no lugar. Foi absolutamente decisivo durante todo o campeonato.

RAFAEL BRANCO
Muito esforçado, corre pra caramba, dá o sangue em campo e neste ano mostrou que sabe fazer gols quando escalado mais ofensivamente. Merece ficar.

RAIKARD
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

DIOGO
Chegou na segunda fase e até agora ninguém sabe porque e nem pra que, não fará falta.

KENEDY
Não mostrou serviço.

ABRAÃO
Um atacante de estilo que já não se vê hoje em dia. Alto, com bom cabeceio e bom com a bola nos pés. Decidiu o jogo mais legal do campeonato, contra a Itapirense, e merece ficar por ser uma das poucas opções que mudam o jogo taticamente.

RENATO SORRISO
Deveria renovar para sempre mas tenho absoluta certeza que será dispensado, uma pena.

NATHAN
Um dos melhores jogadores do Juve no campeonato, corre muito e oferece opção ao time. Diz a lenda que ja assinou com algum time do Paraná mas que merece ficar, merece.

GIL
Obvio que tem que ficar, dispensa explicações.

BRUNO SANTIAGO
ta de brincs né ?  Que que ele tava fazendo nesse elenco?

BRUNO AGNELO
O famoso que nunca ninguém viu jogar. Destacou-se por ser amigo de Neymar e Ganso e para isso não precisa estar no Juventus.

RODRIGO SANTANA
Não foi tão mal como em 2014 mas errou muito e tirou o time da final por pura teimosia. Agradeço muito mas muito mesmo pelo acesso e desejo que tenha sucesso em seu próximo clube. 
(Mesmo assim tenho certeza que ele renova).

ANALISTAS DE BRASFOOT E FUTEBOL MANEGER
Que se explodam, aqui é Juventus, aqui é Javari...Futebol se resolve em campo e não em pranchetas e nem nas telas dos computadores.


segunda-feira, 18 de maio de 2015

A É I O U - O JUVENTUS SUBIU

Com o melhor elenco disparado desta A3 o Juventus ratificou o seu acesso na manhã de hoje na Javari mas infelizmente perdeu a vaga na final para a Votuporanguense, o que foi justo pois o time interiorano deu mais valor a uma final do que o time da Mooca.

Até a Copa Paulista.



FOTOS DE OTÁVIO LIBERDADE










quinta-feira, 14 de maio de 2015

BALDAÇO DE AGUA CONGELANTE

Inter 1x1 Juventus


O Juventus foi até Limeira para conquistar de maneira antecipada o sonhado acesso mas esqueceram de avisar aos jogadores que seria necessário entrar em campo. O time não jogou nada, a exceção de Renato Sorriso, mas esse infelizmente só tem chance no time quando alguem esta com Dengue ou coisa parecida, e viva o futebol moderno regado a scouts.

O empate foi doloroso, sim foi, porem justíssimo pelo que as duas equipes apresentaram dentro de campo pois nenhum dos times jogou absolutamente nada e transformaram uma decisão em uma especie de pelada da firma.

Novamente faltou aquela garra ao Juventus, porque o time é tão diferente dentro e fora da Javari?
Enfrentamos a mesma Inter que semana passada não viu a cor da pelota em São Paulo e desta vez fomos até a casa deles e demos no mááááximo, com muito boa vontade, uns 4 ou 5 chutes ao gol.

O Fato é que a cagada está feita e agora resta ao time se contentar com o acesso, o que já é bom de mais, porem a briga pelo título praticamente escapou pelos dedos após a terceira partida sem vitoria atuando fora de casa nesta segunda fase. 

E quanto a Renato Sorriso???? 
O que mais esse cara precisa provar para ter chances nesse time???
Não basta fazer gol em todo e qualquer jogo decisivo que disputa???
O CARA É PREDESTINADO CAZZO, DEIXA ELE JOGAR E ESQUEÇAM ESSES DADOS ESTATÍSTICOS DE FUTEBOL MANEGER, AQUI É JUVENTUS.

Agora resta ao Juventus empatar ou vencer o Osasco para garantir o acesso e torcer para um tropeço do Votuporanguense para quem sabe chegar a final.

Temos um elenco infinitamente superior a todos os times da A3.
Ninguém tem um goleiro na fase que André vive
Ninguém tem uma dupla de volantes como Derli e Nunes
Ninguém tem dois meias com a qualidade de Daniel e Adiel
Ninguém tem um midiático Gil

Então me expliquem como que pode ser possível que tenhamos que assistir a uma provável final de A3 entre Votuporanguense e Taubaté se é o Juventus o time que tem os melhores jogadores do campeonato???

Forza Juve,
Domingo é dia de suar sangue na Javari, torcer pelo tropeço dos interioranos putos e garantir a vaga na final.

FOTOS DE SERGIO RIBEIRO DE BARROS





domingo, 10 de maio de 2015

GOLEADA E LIDERANÇA

Juventus 5x1 Votuporanguense


O Juventus atropelou a Votuporanguense em jogo revanche do ocorrido na semana passada e reassumiu a ponta do campeonato em grande estilo, com um saldo de gols excelente e dependendo apenas de si mesmo para conquistar o acesso e A TÃO SONHADA FINAL.

O time foi perfeito, nem tanto na bola pois vacilou mais uma vez em jogada defensiva de bola parada e assim levou o primeiro gol da partida, mas foi perfeito na vontade, na raça, e principalmente na seriedade com a qual encarou o jogo. Não esqueçam que este foi o primeiro jogo em que o Juventus tomou o gol inicial e conquistou a virada.

O time de Votuporanga abriu o placar em jogada de bola parada e cabeçada indefensável para André Dias. O clima ficou estranho e o Juventus demorou a se acertar mas contou com a inspiração de Gil, que em uma de suas melhores partidas com a camisa grená, desequilibrou e a meu ver foi o melhor jogador em campo.

O empate veio através de um gol de penalti, que eu honestamente não vi, mas se ta marcado é porque foi. Daniel Costa, que desta vez não tinha sido substituído para a entrada de volantes, bateu com enorme categoria e empatou a peleja.

O gol da virada foi anotado por Diego Borges em uma cabeçada com muito estilo após cobrança de escanteio. Os quatro primeiros gols do Juve foram marcados em jogadas de bola parada.

O segundo tempo começou com a Votuporanguense melhor, alias o time do interior valorizou bastante a goleada juventina, mas quem chegava aos gols era sempre o Juventus e o terceiro foi anotado por Gil em um chute lindo, de três dedos, que estufou as redes e levou a galera ao delírio.

O quarto tento foi novamente de penalti, este indiscutível, e novamente a cobrança de Daniel (o queeeeeeeee??? ele não saiu para a entrada de volantes, oooo loco eim) Golaaaço no angulo do goleiro chorão.

E para fechar o caixão, Nathan recebeu passe maravilhoso de Daniel e bateu cruzado encerrando assim os trabalhos na Rua Javari.

Outro ponto positivo foi a volta de Abraão ao elenco, o jogador estava afastado por contusão e é a única opção de boa estatura para o ataque.

Para a partida contra a Inter lá em Limeira o Juve não terá o lateral Ferro, expulso no jogo de hoje, e talvez não tenha Gil que saiu com uma contusão e pode ser polpado para o duelo final contra o Osasco.

FOTOS DE OTÁVIO LIBERDADE








quarta-feira, 6 de maio de 2015

DIA DO ACESSO - 3 ANOS DEPOIS

Hoje completa-se 3 anos daquele inesquecível dia 06/05/2012 quando o Juventus conquistou o acessos depois de sofrer durante todo o campeonato.

Inesquecível acesso do inesquecível time que jogava junto com a torcida, que respeitava a torcida de verdade, que subia no alambrado a cada gol marcado, que fazia uma festa imensa a cada fase vencida, um time que tinha o sangue quente e que demonstrava toda a vontade de jogar pelo Juve....bem diferente do time de hoje (isso não é uma critica apenas uma constatação) um time mais frio, e que não tem sinergia com a torcida, o time do Scout e não do coração, mas certamente um time que conquistará o tão merecido acesso e que vem fazendo um ótimo campeonato.

Vou postar abaixo os vídeos dos momentos que eu achei mais marcante na campanha de 2012 para quem já viu, rever e para quem não viu entender o que foi aquele maluco campeonato.

1) A primeira vitória
Depois de um início péssimo com varias derrotas o Juventus conseguiu sua primeira vitória em uma tarde de muita chuva e contra o tradicional XV de Jaú.

2) O gol do maestro
Contra o Oswaldo Cruz o meia Elvis, ídolo daquela campanha marcou seu primeiro gol com a camisa juventina e que puta golaço.

3) Aparecia o Artilheiro Maraial
No jogo em que vencemos o Osasco por 2x1 apareceu pela primeira vez aquele que viria a ser dicisivo para o acesso, Tony Maraial marcou um golaaaaaaço no goleiro Yamada.

4) O efeito Taboão da Serra
Dizer o que deste jogo? Sem dúvidas o maior jogo da historia do futebol em todos os tempos, o golaço de Saulo no último minuto que garantiu a permanencia do juve na competição. Que dia maravilhoso, que gol expetacular.

5) Classificados e pendurados no alambrado
Contra o Capivariano conquistamos a goleada que nos classificou para a segunda fase e a reação dos jogadores ao final da partida é algo que jamais será esquecido. Bem diferente deste time bastante racional de 2015. Em 2012 fomos coração e viva o futebol e os alambrados.

6) Marilia é logo ali
Fomos à Marília e em mais uma impressonante virada E COM O ABENÇOADO RENATO SORRISO fazendo sua estreia, matamos o MAC.

7) Guaçuano e o balde de agua fria
Sem duvida nenhuma os dois gols da tarde foram os dois gols com a maior comemoração da historia da Rua Javari, em uma quarta feira a tarde os juventinos quase morreram do coração com o gol do Renato Sorriso.

8) O ACESSO E A FESTA NA RUA JAVARI.
Sem palavras....




domingo, 3 de maio de 2015

SUBIREMOS - MESMO COM SANTANA


O Juventus foi derrotado pela Votuporanguense em mais um jogo onde desfilou a falta de competencia do Sr. Rodrigo Santana, que por algum motivo parece que não quer que o Juventus vá para a final, só pode ser.

O zagueiro Leo foi expulso de campo, coisa inaceitável em um quadrangular final e ainda mais fora de casa, mas o pior não foi isso, o pior foi que mais uma vez precisamos de nossa comissão técnica para arrumar o time depois da expulsão e ai vocês adivinham no que deu né...

Por incrível que pareça o Rodrigo Santana fez a mesma coisa que tinha feito no Juvenal e também em Osasco, mesmo sabendo que nas duas oportunidades não tinha dado certo mas sei la, ele resolveu insistir no erro e ver se desta vez daria certo. Saiu de campo Adiel para a entrada do zagueiro Rodolfo, PUTA QUE O PARIU como que o Adiel sai depois do jogo perfeito que ele fez na quarta feira na Javari? Sacar o Adiel ao invés de sacar Diogo, o novato que acabou de chegar e sabe-se la porque já tem essa moral toda, o empresario deve ser daqueles beeeeem bons mesmo eim...

A Votuporanguense abriu o placar e enfim Rodrigo Santana colocou em campo Renato Sorriso, que segundo o comentarista da rádio local, melhorou e muito o Juventus que chegou ao empate após jogada de Nathan e gol de Derli.

Tudo ia muito bem, empate fora de casa, Juventus em uma posição confortabilíssima para conquistar o acesso e também para ir a final, SIM O ACESSO DESTA VEZ NÃO BASTA, QUEREMOS A TAÇA.

A torcida grená comemorava o empate e já imaginava os próximos confrontos quando ele, o gênio, resolveu entrar em ação novamente e não satisfeito em ter tirado Adiel do jogo resolveu sacar o outro meia e recuar de vez a equipe, saiu Daniel .... PUTA QUE O PARIU QUEM É QUE IA SEGURAR A BOLA NO MEIO DE CAMPO PARA EVITAR O SUFOCO DO TIME DA CASA????  A mesma cagada feita em Osasco, de novo e de novo e de novo ATÉ QUAAAAAAANDO?

Dois minutos após a saída de Daniel adivinhem o que aconteceu? Gol da Votuporanguense....

Nos acréscimos o Juventus ainda teve um penalti a seu favor mas quem deveria bater?
Adiel? ---- NÃO ELE NÃO ESTAVA EM CAMPO 
Daniel? --- NÃO ELE TAMBÉM NÃO ESTAVA EM CAMPO

Ufa ainda bem que Lucas Pavone voltou , ele é batedor de faltas e panaltis .... HAHAHAHAHAAH

Bateu Nathan, e errou

PARABÉNS SANTANA  APLAUSOS A VC CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP

Mesmo com você no banco de reservas, subiremos, pode continuar atrapalhando mas mesmo assim, SUBIREMOS CAZZO

quinta-feira, 30 de abril de 2015

BENDITA JAVARI

Juventus 4x0 Inter de Limeira

Caros Juventinos desculpem a demora desta postagem mas estou com problemas sérios em meu computador, por conta disso os gols vão sem edição e apenas na imagem bruta.

O Juventus fez uma partida absolutamente perfeita ontem na Rua Javari e demonstrou muito espirito de decisão ao matar a Inter de Limeira em apenas 6 minutos de jogo. Confesso que eu tinha muito medo do time de Limeira pois me impressionei com a partida deles na primeira fase, também na Javari.

O Juventus veio com Charlinho e Ataide cobrindo as ausências de Ferro e Felipe Nunes e os dois não decepcionaram jogaram muito bem e mostraram que tem condições de jogar no time de cima, principalmente Ataíde, que tem uma disposição incrível dentro de campo.

O Primeiro gol do Juventus, anotado aos 4 minutos, embora tenha surgido com um horrendo bate rebate entre os zagueiros interioranos, foi construído desde o meio de campo com uma sequência de passes certeiros que culminaram no tal bate rebate que Gil fez o favor de encerrar botando a redonda no fundo das redes.

Assista ao gol de Gil filmado do meio da torcida:


Dois minutos mais tarde foi a vez da estrela da tarde marcar o seu, Adiel, com muita, mas muuuuita categoria, ele recebeu passe de Gil, e deslocou o goleiro com um chute lindo no cantinho e no contra pé. Escutem no video o barulho da bola estufando as redes. Que golaço.

Assista ao Gol de Adiel filmado do meio da torcida:



Com dois a zero no placar e jogando um futebol muito bonito, a Inter de Limeira sabia que não teria mais chances e nem tentava atacar, o Juventus era soberano na partida e perdia varias e várias chances de ampliar o marcador.  O terceiro gol veio aos 35 minutos e foi marcado de fora da área por Daniel Costa em lance onde o juventino lutou até o fim pela bola, recuperou ela do marcador, levou a marcação pra lá e chutou pra cá, mais um golaço, o terceiro.

Assista ao Gol de Daniel Costa filmado do meio da torcida:

Com este elástico placar e com a fragilidade do adversário o segundo tempo foi o exatamente o que poderíamos esperar dele, uma sonolência total e absoluta, azar do time visitante que ainda levou mais um e voltou pra casa com uma sacola de gols.

Assista ao gol de Nathan filmado nem tão do meio da torcida assim:


                                               FOTOS DE OTAVIO LIBERDADE




domingo, 26 de abril de 2015

MALDITA OSASCO


A torcida se mobilizou e compareceu em grande número ao estádio de Osasco, o clima era bom, clima de decisão, torcedores animados, mas infelizmente esqueceram de avisar ao time de que se tratava de um jogo decisivo. Jogaram com o espirito de um amistoso, não vimos aquele espirito de fase final, vimos sim um pouco de qualidade em campo e muita burrice vinda do banco de reservas.

O time jogou bem durante o primeiro tempo e somente não matou o jogo pois, como eu disse antes, não estava com espirito de decisão e ao invés de liquidar a fatura tentavam sempre um drible a mais, um passe a mais, uma passada de pé por cima da bola, uma firula aqui outra ali e o castigo foi merecido.

Importante dizer que o Juventus fez um gol legítimo anulado pela arbitragem e que Vitor Salinas, cometeu dois penais não anotados pela arbitragem, ambos no mesmo lance.

O meia Felipe Nunes foi expulso e para recompor o time Rodrigo Santana tirou Gil e Adiel  hahahahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahahhahahahahahah  é só rindo para não chorar, pois com a saída dos dois cérebros do time o jogo ficou horrível sem ninguém que pegasse a bola e pensasse no que fazer com ela. Exatamente como aconteceu no Juvenal, mas parece que ninguém aprende com as lições do passado.

No fim das contas o Juventus foi infinitamente superior tecnicamente mas foi muito inferior em vontade e principalmente em inteligencia tática e levou um merecido empate perdendo assim, dois valiosos pontos para o Osasco, time que certamente será o saco de pancadas do grupo.




quarta-feira, 22 de abril de 2015

BALADA NO ROCHADALE


Caros Juventinos leitores deste blog,

Venho por meio desta encarecidamente pedir para que não se importem se o jogo será ou não transmitido por uma televisão e para que os torcedores COMPAREÇAM AO VIVO E A CORES ao Estádio Rochadale em Osasco.

Não existe motivo e nem desculpa esfarrapada pois agora começa o campeonato de verdade, acabou a brincadeira, acabou o Oba Oba das emissoras de TV, acabou a primeira fase e agora enfrentaremos apenas os mais cascudos da competição e o APOIO DA TORCIDA SERÁ FUNDAMENTAL para isso.

A distancia entre a Javari e o Estádio de Osasco dá no máximo 30 minutos de carro sendo que existem diversas opções de ônibus e trem para acessar o campo do Bradesco.

O time foi o líder, Lucas Pavone voltou, temos jogadores como Gil e Adiel, temos um goleiro em uma fase iluminada e falta apenas que a torcida compareça aos jogos fora da Javari.

VAAAAAMOOOOS JUVENTINOS
MOSTREM QUE NOSSA TORCIDA EXISTE FORA DAS REDES SOCIAIS
VAMOS LOTAR O ROCHADALE.
FORZA JUVE.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

CHUPA SÃO JOSÉ E VOLTA PAVONE !

O Juventus com o time totalmente reserva empatou em 2x2 com o São José fora de casa, eliminou o time interiorano que semana passada QUEBROU TODO O VESTIÁRIO DA RUA JAVARI e já sabe qual será o grupo da próxima fase. Agora a coisa ficou séria.


O JOGO
A partida começo quentíssima no interior paulista e com o grande apoio da torcida que compareceu em peso ao lindíssimo estádio Martins Pereira, o São José foi para cima do Juve e logo no comecinho abriu o placar em um gol de escanteio aproveitando a falha de marcação do zagueiro Rodolfo.

O ambiente previa uma goleada, time reserva, time da casa precisando da vitória, apoio da torcida, mas em campo a coisa foi bem diferente e poucos minutos depois do gol da Águia o Juventus chegou ao empate em cobrança de penal com enorme categoria do bom volante Athaíde.

O time da casa tentava se impor na partida mas esbarrava em suas próprias limitações técnicas e somente chegou ao segundo gol porque Rodolfo em manhã pouco inspirada quis manter a média juventina de um penalti a cada dois jogos e inexplicavelmente meteu a mão na bola em um lance totalmente desnecessário. Na cobrança o goleirão Rafael foi muito bem na bola mas não conseguiu evitar o gol caseiro.

Tudo isso aconteceu antes dos vinte minutos de jogo, e após o segundo gol do time da casa a partida caiu em um tremendo marasmo e nada de emocionante aconteceu até que o zagueiro Cássio Sheidt resolveu dar uma cotovelada no centro avante do São José e foi expulso em jogo onde foi escalado apenas para provar que tem valor. Menos matérias compradas e mais futebol, menino.

O Treinador Rodrigo Santana mexeu no time para o segundo tempo e recompôs a defesa sacando Bruno Santiago e colocando Felipe Nunes, tirou também o invisível Bruno Agnelo para a entrada do igualmente invisível Ricardinho e com esse time o Juventus tentava o empate. O jogo era horrível até que ele, o predestinado, resolveu aprontar das suas e mostrar para a comissão técnica que tem muito valor, Renato Sorriso fez um forfé na defesa adversária  cortou dois marcadores, enganou outros dois com uma jogada de corpo, invadiu a área e tocou com categoria na saída do goleiro, empatando o jogo e transformando o Martins Pereira em um inferno para o time da casa.

LUCAS PAVONE VOLTOU
Após o jogo o diretor de futebol do Juventus abriu o jogo para os microfones da Web Rádio Mooca e contou que o lateral esquerdo Lucas Pavone está de volta ao Juventus. Junto com ele retorna também o zagueiro Diego Borges e mais um meio de campo que agora me foge o nome.



QUADRANGULAR FINAL
Na próxima fase, que vale o acesso, o Juventus vai enfrentar a Internacional de Limeira, o Votuporanguense e o Grêmio Osasco. Restam agora as definições das datas e horários.





domingo, 12 de abril de 2015

JUVENTUS 2X0 INTER DE LIMEIRA


O Juventus se recuperou da vexatória derrota no clássico de quarta feira e venceu a Internacional de Limeira, na Javari, garantindo assim matematicamente a liderança da primeira fase da A3, o que no fundo no fundo não vale vantagem quase nenhuma.

O primeiro tempo foi muito ruim mas desta vez não foi porque o Juventus estava dormindo mas sim porque a marcação da Inter era muito bem feita o que dificultava os ataques juventinos devido a falta de espaço no campo. Durante esta etapa do jogo, o jogador que mais tentava buscar jogo era Adiel que ligadão, criou as melhores chances de gol para o Moleque Travesso.

O Juva tentava mas quem chegou mais perto de abrir o placar foi o time visitante e novamente André Dias fez milagre e defendeu um chute fortíssimo do avante Limeirense salvando o Juve da derrota parcial.

O Juventus voltou melhor para a segunda etapa e com mais velocidade e com uma melhor marcação no meio de campo parou de dar espaços à Inter e começou a tomar conta do jogo e criar as melhores chances da partida.

O primeiro gol foi marcado por Adiel que aproveitou o bom cruzamento de Ferro e com categoria e um pouco de sorte cutucou a pelota para o fundo das redes. Após a marcação do primeiro gol a Inter se jogou para o ataque e deixou bastante espaço para o Juventus contra-atacar. 

O segundo tento grená foi marcado por Gil, impedido e com muita categoria, recebeu o passe e bateu no cantinho do goleiro (pelo menos foi isso que quem esteve na Javari viu pois quem esteva na Arena da Seguradora imaginou que Gil driblou o goleiro antes de marcar). 

O terceiro gol esteve bem perto de acontecer e seria novamente com Gil, que recebeu um cruzamento perfeito de Ferro e sozinho cabeceou para fora.

Ao fim da peleja a torcida juventina se uniu nas arquibancadas cobertas e festejou a boa campanha na primeira fase.

O Juventus foi a campo com:
André Dias, Rafael Ferro, Leo, Salinas e Orinho, Athaíde, Derli, Daniel Costa e Adiel, Nathan e Gil.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

DURMAM EM VOSSAS CASAS E NÃO EM CAMPO

O Juventus fez uma partida muito abaixo da crítica na tarde desta quarta feira no clássico Juvenal e saiu de campo derrotado merecidamente por 2x0 em jogo que teve todos os ingredientes de um bom clássico. Os times criaram algumas chances, houve briga entre os jogadores e também entre as torcidas das cobertas, faltou apenas que o Juventus tivesse no banco de reservas um tecnico com TESÃO de ganhar o jogo e que os jogadores não estivessem DORMINDO em campo.

O primeiro tempo era um completo marasmo sem nenhuma chance de gol para nenhum dos dois times até que de repente aconteceu algo inédito neste campeonato PENALTI CONTRA O JUVENTUS, pelas minhas contas o sexto ou sétimo será que a comissão técnica não consegue corrigir este problema que acompanha o time desde a estreia? Apenas para não perder o costume adivinhem o que aconteceu? André Dias fez mais uma brilhante defesa e impediu que os ferroviários fossem para o intervalo com a vantagem no marcador. 
(mais tarde na hora que me der na telha posto o video da defesa do goleiro)

Antes do fim da primeira etapa aconteceu uma verdadeira treta entre os jogadores que eu não entendi nada so vi que alguem tomou um belissimo safanão nas oreia, mas nao sei quem foi, e após o tumulto cada time teve um jogador expulso de campo.

O segundo tempo começou muito melhor do que o primeiro com os times tentando o gol, principalmente o Nacional que ainda tem chances de classificação. O goleiro Juventino André Dias fez o que pode para impedir o gol do time da casa mas infelizmente ninguém joga sozinho.

O Juventus teve a chance de abrir o placar em uma boa jogada pelo lado esquerdo que terminou nos pés de Daniel Costa, livre, embaixo da trave e sem goleiro mas ele, em homenagem ao amigo Raikard, conseguiu sabe-se la como botar a bola pra fora.
(mais tarde na hora que me der na telha posto o video do lance raikiano de Daniel Costa)

O Nacional continuou martelando mas continuava esbarrando em André Dias e foi ai que o técnico juventino teve a brilhante ideia de sacar os dois atacantes, Gil e Nathan para colocar um meia, Rafael Branco e um volante, Welinton e o resultado não poderia ser outro, o time que ja vinha jogando mal recuou muito e o Nacional se aproveitou e marcou dois belos gols.
(mais tarde não vou postar os gols do Naça porque eu quero que eles se danem)

O que fica provado pra mim é o mesmo que eu já disse várias vezes, o Juventus tem um elenco muito mais qualificado que os demais, o time joga sozinho e todas as vezes que precisamos do técnico o resultado foi uma bobagem.

Quanto aos jogadores que estavam dormindo hoje como Gil, Adiel, Orinho e Nathan é bom que não se acomodem porque a Rede Globo pode estar satisfeita com o que o time produziu até aqui MAS A TORCIDA QUER O ACESSO e jogando esse futebolzinho vai ficar bem complicado.

A única coisa positiva do clássico é que o Naça pode ainda se classificar e quem sabe podemos enfrenta-los no quadrangular final e quem sabe até em uma final. 

Adios e até domingo.

terça-feira, 7 de abril de 2015

CLASSICO É CLASSICO E VICE VERSA



JUVENAL

Amanhã no imbecil horário das 15h será disputado o maior clássico do mundo, o clássico Juvenal.

Em decisão ridicula da FPF este jogo que certamente atrairia muita atenção se fosse jogado em um domingo ou um sábado e quem sabe até mesmo no no Estádio do Pacaembú, será jogado em uma quarta feira útil no horário das 15h. Ridiculo.

O Nacional precisa vencer para manter as esperanças de classificação para a segunda fase e o Juventus, tranquilo e calmo no torneio provavelmente irá escalar um time repleto de reservas pasra polpar os titulares. Ao menos eu acho que ele deveria fazer isso pois a liderança está praticamente garantida e a maratona de quarta e domingo acaba prejudicando jogadores com mais idade como Adiel e Gil.


JUVENTUS X INTER DE LIMEIRA - Comunicado oficial CAJU


O Clube Atlético Juventus comunica que os ingressos para a partida entre Juventus e Inter de Limeira, que acontece no próximo domingo (12/04), às 10h00, no Estádio Conde Rodolfo Crespi, serão vendidos antecipadamente na Secretaria do Clube Atlético Juventus, a partir desta terça-feira (07/04), das 08h00 às 20h00.
O valor do ingresso é de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).
A Secretaria do Clube está situada à Rua Comendador Roberto Ugolini, n20, Mooca.






domingo, 5 de abril de 2015

EM RITMO DE TREINO

Flamengo 1x5 Juventus

Jogando um futebol infinitamente superior ao Flamengo de Guarulhos, e mesmo sem precisar se esforçar tanto, o Juventus passou o carro, o trator, o ônibus e tudo mais em cima do Corvo e consolidou-se de vez como o líder da competição. Com o empate entre Inter e Votuporanguense vai ser cada vez mais difícil que alguem consiga tirar o Moleque Travesso da ponta.

O Juva foi a campo com o time quase completo:
André Dias, Rafael Ferro, Rodolfo, Leo e Orinho, Felipe Nunes, Derli, Adiel (Welinton) e Daniel Costa, Nathan (Rafael Branco) e Gil (Renato Sorriso).

O primeiro gol grená foi marcado por Daniel Costa e eu não faço ideia de como foi o gol pois com jogos as 10 da madrugada fica difícil conseguir chegar a tempo. 

O Juventus era senhor do jogo e dominava o meio de campo com uma categoria e com um poder de marcação de dar gosto, Derli e Felipe Nunes eram dois carrapatos na cola dos atacantes adversários que nada conseguiam criar. Os meias de criação também se destacaram e principalmente Daniel Costa que marcou três gols e não vai pedir musica no fantástico e nem fazer matérias escrotas para o Tiago Laifert pois ele não tem a grife de Gil, graças a Deus.

O Segundo gol Juventino foi uma excelente trama entre Gil, Rafael Ferro e Daniel Costa que aproveitou cruzamento na área e de primeira marcou um golaço para o Juve.

Após o intervalo o esperado era que o Flamengo viesse com tudo para conseguir o empate mas foi o Juventus que logo aos dois minutos ampliou o marcador quando em mais uma boa jogada trabalhada pelas laterais a bola sobrou para Adiel que bateu com força e a bola explodiu na trave, no rebote o goleirão guarulhense, de nariz, meteu pro gol e acabou com as chances do Flamengo no jogo.

(Veja o gol de Adiel)

O Flamengo nem tentava esboçar reação mas mesmo assim foi presenteado com o penalti de número 6.897.675 cometido pelo Juventus na temporada. Na cobrança aconteceu o de sempre, nem vou escrever, veja com seus próprios olhos.

                                                   (Veja o penal perdido pelo Corvo)

O Juva ainda marcou o quarto gol com Daniel Costa que fintou o goleiro e tocou com categoria para o fundo do gol.
                                                     (Veja o gol de Daneil Costa)

O quinto gol, e a meu ver o mais bonito de todos, foi marcado por Rafael Branco que aproveitou o cruzamento rasteiro e bateu com enorme categoria no canto superior do goleiro do Flamengo que nada pode fazer.
                                                            (Veja o gol de Rafael Branco)

O time da casa ainda conseguiu o seu gol de honra em uma jogada bem trapalhona da defesa e de André Dias, que saiu errado na bola, deixou o gol desguarnecido e tomou um belo gol de cobertura.

O Juventus volta a campo na próxima quarta feira contra o Nacional no Estádio Nicolau Alayon na Barra Funda, este é um programa que vale a pena ser visto.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

QUAL É O DESAFIO ?

O Juventus jogará neste domingo as 10 da madrugada no Estádio do Flamengo de Guarulhos, que certamente é um dos estádios que mais vezes fomos obrigados a ir desde que o Armandinho jogou o Juve na terceira divisão paulista.

Desta vez a história é diferente pois o Juventus esta tranquilo, sem a responsabilidade e sem a obrigação da vitória, o que é totalmente oposto ao atual momento do Flamengo (ex Corinthians B) que matematicamente ainda pode se classificar caso vença a equipe da Mooca ou pode despencar rumo ao rebaixamento caso perca a partida.

E o Juventus, qual é o desafia agora nas últimas rodadas?
Jogar com o time completo e arriscar perder alguem por contusão para a segunda fase ou escalar um time misto e dar ritmo de jogo aos reservas?

Eu honestamente acho que o Juventus deve aproveitar estes últimos jogos para fazer testes, e eu não falo em testes de jogadores mas sim testes com modificações táticas pois é passada a hora de o Juventus ter mais de um esquema tático para jogar. O time é previsível taticamente e jamais alterou sua forma de jogar desde o começo do torneio e creio que opções serão importantes na segunda fase.

Outra coisa que não entendo é a questão da falada vantagem de jogar em casa. Que vantagem é essa?
Até onde sabemos o regulamento é igual ao de 2012 onde os 8 classificados serão divididos em duas chaves de 4 times onde todos jogam contra todos em jogos, então eu não sei ao certo qual a vantagem de terminar em primeiro colocado.


MATÉRIA SOBRE O JUVENTUS NA GAZETA ESPORTIVA
(este sim um mega portal confiável, que não se vende e que não é sustentado com propinas de empresários que querem divulgar seus jogadores)

"Outro lado da moeda" - Juventus da Mooca é símbolo de resistência

quinta-feira, 2 de abril de 2015

PROGRAMA ATRÁS DO GOL DA WEB RÁDIO MOOCA


O único programa que fala 100% sobre o Juventus.

Nesta edição, que foi gravada na Javari logo após o termino de Juventus 2x0 Santacruzense, entrevistamos o artilheiro Nathan, o meia Adiel e o treinador Rodrigo Santana.

domingo, 29 de março de 2015

CONVENCEU E CLASSIFICOU

Juventus 2x0 Santacruzense



O Juventus fez um excelente primeiro tempo na manhã de domingo na Rua Javari e sacramentou matematicamente sua classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista da A3 (paulistinha é o cacete). Diferentemente do que ocorreu na quarta feira contra a Francana, quando o time foi desorganizado, apático e acomodado, o Juva entrou com toda vontade de garantir a classificação e impôs um bom ritmo à partida.

As melhores jogadas de ataque eram puxadas sempre por Nathan, destaque do jogo ao lado de Felipe Nunes e do goleiro Rafael, e também por Daniel Costa que voltou a apresentar um bom futebol como a tempos ele não apresentava. O Juventus teve os desfalques de André Dias e de Orinho que suspensos deram lugar a Rafael e Charles e assim o time foi a campo com: Rafael, Ferro, Leo, Salinas e Charles, Felipe Nunes, Derli, Daniel Costa e Adiel, Nathan e Gil.

A saída de Orinho da equipe titular fez bem ao time pois Charles tem caracteristicas mais defensivas o que evitou aquela buraqueira no lado esquerdo da zaga e ajudou o meio de campo a se organizar melhor, afinal de contas ninguém precisava cobrir as costas de ninguém e todos ficaram livres para atuar em suas posições e desempenhar um bom futebol.

O Juventus abriu o marcador com um golaço de Daniel que após tabelar com Gil mandou um petardo de fora da área no cantinho do goleiro (figuraça) Braz que nada pode fazer. O gol deu ainda mais tranquilidade ao Moleque Travesso pois acabou de vez com a retranca do time de Santa Cruz do Rio Pardo e deu mais espaço aos lampejos ofensivos do Juve. O time ainda chegou mais algumas vezes em jogadas de linha de fundo e em alguns escanteios mas o primeiro tempo terminou apenas com o 1x0.

Para o segundo tempo o time voltou com uma alteração pois o zagueiro Rodolfo entrou na vaga do machucado Leo, que vinha jogando muita bola. Rodolfo não comprometeu e a zaga e a marcação juventinas continuavam soberanas no gramado sem dar nenhuma chance ao time adversário.

O segundo tento grená foi marcado por Nathan que aproveitou excelente cruzamento rasteiro para rolar a bola para o fundo do gol e fechar o placar na Rua Javari, Após o segundo gol o time nitidamente "tirou o pé" e a diversão única da torcida foi atazanar a vida do goleiro Braz, que com muito bom humor e impressionado com a festa da torcida grená, (digo da torcida de verdade e não daquela meia duzia COMPRADA com dinheiro de recolhimento de entulho), entrou na brincadeira e interagiu por diversas vezes com os torcedores que ao final do jogo foram presenteados com a camisa do figuraça do goleiro da Santacruzense.
( Assista a este momento curioso no video de Sergio Quintela no link: 
https://www.facebook.com/video.php?v=820507991337352 )

O Juventus conseguiu sua classificação de maneira bem tranquila no campeonato e agora tem que tomar uma importante decisão para os próximos quatro jogos da primeira fase, jogar com o time completo para que o time não se acomode ou então escalar reservas ou mesclar o time para dar oportunidade de os demais jogadores pegarem ritmo de jogo?

O Blog do Juva voltou!

FOTOS DE OTÁVIO LIBERDADE





sábado, 28 de março de 2015

EUFORIA DEMAIS É FODA! NÃO SE CONTAMINE, JUVA.

O Juventus entra em campo amanhã as 10h para enfrentar a Santa Cruzense na Rua Javari e luta contra o adversário, que não é la grandes coisas, e contra esta imensa bolha de otimismo exagerado que toma conta de nosso estádio.

Como já diria o velho ditado, são as pequenas pedras que atrapalham o caminho para a vitoria e eu espero de coração que o Juventus (elenco) não se deixe contaminar por esse clima de otimismo desmedido e que principalmente os demais jogadores não comecem a torcer o nariz para todo esse holofote que o centro avante Gil vem recebendo por fazer 4 gols em um time semi amador como a Francana.

A vitoria virá apenas se o time entrar em campo com raça e vontade pois em termos táticos o Juva é um time desorganizado e será um perigo para nosso futuro no campeonato se o time esquecer de correr e achar que vencerá de qualquer forma e a qualquer custo.

Raça Juventus
Esqueça esse MI MI MI todo criado pela grande mídia e jogue apenas pelo acesso e não para aparecer em uma mequetrefe rede de televisão.

JUVENTUS X SANTA CRUZENSE
Rua Javari - Mooca - 10h

quinta-feira, 26 de março de 2015

O JUVENTUS É MAIOR QUE TODOS!

Nem sei por que motivo resolvi reabrir este blog depois de tanto tempo mas é realmente estranho ver o que tem acontecido na Javari neste campeonato de 2015. O estádio esta tomado por uma onda de otimismo como a séculos não se via pelos lados da Mooca, o time lidera a competição e vem empolgando os torcedores jogo após jogo, coisa que convenhamos também não é nada comum de se ver por aqui.

Parece que todos, time, comissão técnica, torcida e mídia caminham em uma mesma direção e eu, um simples e gordo mortal, caminho solitário para um outro lado. Neste lado para o qual eu caminho eu não consigo sentir felicidade e euforia por ver o meu time vencer a Francana, pobre Feiticeira, que nem jogadores para colocar em campo tem, um time destruído cuja vitória jamais deveria ser comemorada da maneira como esta sendo.

Até mesmo ele, Gil, tem sido usado como motivo para comemorar.
Me desculpem o azedume mas NENHUM JOGADOR É MAIOR QUE A CAMISA DO JUVENTUS então por favor parem de falar por ai que o Gil fez quatro gols na Javari pois na verdade foi O JUVENTUS QUE VENCEU O JOGO POR 4 X 0 e não o Gil.

Nada contra o nosso centro avante, muito pelo contrário mas o Gil um dia vai embora e quem fica pra sempre é a velha camisa avinhada e a amargura de sua sofrida torcida.

Para quem ainda não viu, segue os gols do JUVENTUS na partida de ontem.


segunda-feira, 21 de abril de 2014

90 ANOS DE TRAVESSURAS

PARABÉNS MOLEQUE TRAVESSO E QUE VENHAM MAIS 90.

Devido a total falta de inspiração para escrever algo que preste no aniversário do Juventus vamos relembrar algumas das maiores travessuras destes 90 anos.



Rua Javari from Poeira Filmes on Vimeo.






















quarta-feira, 16 de abril de 2014

PAPO COM FERREIRÃO

Sensacional entrevista de Marcelo Santos com Luis Carlos Ferreira que abriu o coração e falou muitas verdades sobre essa sua passagem no Juventus e inclusive assumiu os seus erros na montagem do time.
Vale a pena escutar mais esta excelente trabalho da Web Rádio Mooca.

domingo, 13 de abril de 2014

ACABOU

E acabou-se o Paulista da A3 e o Juventus se despediu com mais uma partida de merda e conseguiu a proeza de não vencer o poderoso Cotia. 

Não sei o que foi pior no jogo de hoje, ver o time ter que correr atrás de um empate contra um timeco como o Cotia, ver Fernandinho vestir a 10 juventina (inacreditável) ou ver um bando de imbecil que senta na coberta aplaudir o time ao final do jogo. Que aplaudam as senhoras suas mães fazendo strep tease porque a colocação do Juventus no torneio foi uma vergonha e deveria ter sido saudada com vaias ao final do jogo.

O treinador Luis Carlos Ferreira, que eu me lembre, nunca teve que escutar tanto da torcida e passou o jogo inteiro sendo cobrado por escalar coisas medonhas como Moises, Moris, Fernandinho, Ariel, Bife, Bisteca, Linguiça e demais tranqueiras que sempre jogavam enquanto que o queridinho da torcida, Dudu Mineiro, não tinha nenhuma chance. Até mesmo o tal de Osny jogou em Guarulhos, mas o Dudu não. RIDICULO.

OS JUVENTINOS VOLTARAM
Nem tudo foi decepção na manhã de hoje na Javari pois após o ridiculo jogo um evento agitou o Bar do Cebola, o lançamento oficial do Livro "OS JUVENTINOS VOLTARAM" foi uma verdadeira festa com tudo que a torcida merece, cerveja, alegria e a presença do único jogador deste elenco que parece ter entendido o que essa torcida quer ver em campo. Parabéns ao Fernando Toro e ao Giovanni Porpetta pelo lançamento do livro que apenas enriquecerá a história do nosso querido Juventus.

Então é isso, um beijo pro meu pai, um beijo pra minha mãe, um beijo pra Xuxa Meneguel e que venha a Copa Paulista e a classificação para a Copa do Brasil.