Contato

jklws@hotmail.com

2012年12月11日星期二

PEDALA MOLEQUE


No dia 14 de maio de 1989, o ex-atacante Silva marcou um dos mais belos gols da história do Pacaembu. Vestindo a camisa do Juventus, completou de bicicleta um cruzamento e abriu o placar diante do Corinthians em jogo do Campeonato Paulista realizado no Pacaembu. Até hoje, poucos se lembram que o duelo terminou empatado em 1 a 1, mas quase ninguém esqueceu o lance magistral, que foi aplaudido em pé pela própria Fiel Torcida. Atualmente, Alexandre da Silva, nascido em São Paulo em 13 de fevereiro de 1969, reside em São Paulo e trabalha como gerente de vendas de uma gráfica. Ainda bate a sua bola na Associação Desportiva da Polícia Militar, onde até 2006 trabalhou com escolinha de futebol. Casado, não tem filhos.

Silva passou praticamente a carreira toda no Juventus da Mooca, onde chegou em 1983 e saiu 14 anos depois. Também defendeu Chapecoense, Nacional de São Paulo, Ferroviária, Paraguaçuense, Atlético do Vale (SC) e Novorizontino. Parou com 34 anos.

Sua maior mágoa foi não ter defendido nenhum clube de grande torcida do Brasil. Algo que poderia ter acontecido após marcar o histórico gol contra o Corinthians, por sinal, seu time de coração. “Cheguei a fechar contrato com o Santos, mas a negociação acabou não dando certo porque cartolas juventinos, entre os quais o ex-presidente José Ferreira Pinto, não permitiram minha saída".
TEXTO EXTRAÍDO DO SITE QUE FIM LEVOU
http://terceirotempo.bol.uol.com.br/quefimlevou_interna.php?id=3086&sessao=f






沒有留言: