Contato

jklws@hotmail.com

2012年4月22日星期日

VITÓRIA ESPETACULAR

Marília 3x5 Juventus


O Juventus conseguiu uma vitória espetacular jogando contra o Marília no interior paulista e esta muito perto do tão sonhado acesso para a série A2. O time jogou um futebol muito convincente, virou o jogo e ainda marcou cinco gols.

Thiaguinho e Toni jogaram muita bola e foram os responsáveis direto pela vitória que colocou o Juventus em uma ótima situação no campeonato.

O Juventus jogou um belo futebol e dominou quase todo o jogo, levou um gol logo a dois minutos de jogo em uma falha de Lello mas teve personalidade para virar o partida ainda no primeiro tempo, Thiaguinho empatou aproveitando falha da zaga e Toni virou cobrando penalti. Logo após a virada o Marília também de penalti empatou o jogo já nos acréscimos da primeira etapa.

O segundo tempo começou igual ao primeiro, com o Juventus mandando no jogo e fazendo o terceiro gol em um chute de fora da área do meia Saulo, que fez uma ótima partida com a camisa 10 enquanto Élvis ficou no banco de reservas. Empurrado pela torcida o Marília empatou novamente o jogo mas não teve forças para segurar o resultado e viu Lucas Pavone e Renato marcarem dois belos gols que colocaram o Juve mais perto da A2. A esta altura do jogo a torcida do Juventus dava uma aula de arquibancada aos interioranos pois 11 pessoas calaram o estádio Bento de Abreu que foi se esvaziando aos poucos pela torcida local que abandonou seu time.

Ao final do jogo os jogadores do juventus comemoraram muito a vitória junto com os torcedores que passaram mais de 10 horas dentro de uma Van para acompanhar o Moleque Travesso.

O Juve foi a campo com:
Juninho; Tony, Fubá, Reginaldo e Lucas Pavone; Lello (Marcelo Xavier), Eduardo Silva, César Santiago (Élvis) e Saulo; Thiaguinho e Rafael (Renato)
Técnico: Luis Carlos Fereira

 A mística grená
Na tarde de sexta-feira surge um sinal do além grená, e ele dizia que a torcida seria incumbida de levar vinte "amuletos" à Marília para que o Juve obtivesse sucesso em campo.

O sábado chegou e os poucos loucos que se dispuseram a enfrentar mais de 5 horas de viagem reuniram-se, as 11h30 da manhã, na frente do estádio Conde Rodolfo Crespi que deu sua benção para que trouxessemos a vitória do longinquo destino. A viagem era interminável e lá pelas tantas decidimos benzer os "amuletos" que levávamos conosco. Obviamente devido a falta de agua benta, a benção teve que ser realizada com um especialíssimo néctar extraido de barris de carvalho. Não satisfeitos com a beatificação dos amuletos, os torcedores resolveram energiza-los e cada um carregou um amuleto diferente em seu corpo durante o restante da viagem.

Cinco horas depois de nossa saída do bairro da Mooca, estavámos dando um jeito para que os jogadores recebessem os objetos que mistificados pela força da torcida, certamente trariam esta vitória. O orgulho que sentimos ao ver o time entrando em campo carregando nossos amuletos foi imenso, e a certeza da vitória era cada vez maior.

Noventa minutos e oito gols mais tarde, eis que um dos amuletos faz questão de retornar a São Paulo no companhia daqueles que o levaram a Marília e voou de dentro do campo direto para as molhadas arquibancadas do estádio interiorano, e na direção do mesmo torcedor que trouxe o objeto.
Coincidencia? Mística? o que importa? VAMOS SUBIR JUVEEEEE

沒有留言: